Entrevista: Ingrid Strassburger Saraiva


A entrevistada de hoje é a  Ingrid Strassburger Saraiva. Se você participa de muitos grupos sobre plantas no Facebook, você deve conhecê-la. Ela tem 61 anos, é professora e mora em Imbé - RS.


Como começou sua relação com as plantas?


Cultivo plantas desde a mais tenra infância. As suculentas, principalmente, sempre fizeram parte dos jardins da minha memória e se tornaram minha grande paixão. O exemplo do amor pela Natureza acompanharam minha trajetória na pessoa de uma avó muito querida. Ela foi minha grande inspiração.

Você tem alguma formação acadêmica relacionada às plantas?

Não, na verdade sou professora de português e literatura infantil. Trabalhei muitos anos com Hora do Conto e tentei transmitir a muitos pequeninos meu amor pela Natureza. Minha formação na área da botânica é totalmente autodidata e baseada na pesquisa, observação e experimentação. Aquilo que nos apaixona nos estimula a buscar sempre mais conhecimento.

Você já teve algum retorno financeiro relacionado às plantas?

NÃO, KKKKKKK...pelo contrário. Não faço vendas mas faço MUITAS doações e trocas, mas só com quem vêm a minha casa. Não faço envios pelo correio por ser proibido pelo estatuto. Na verdade tenho até prejuízo, às vezes, porque dou com floreiras e vasos já plantadinhas, MAS é muito gratificante e estimulante. A gente "lucra" em outros sentidos, nas amizades que se fortalecem, na paixão pelas suculentas que espalhamos e no respeito pelos ciclos da natureza que aprendemos a conhecer e passamos adiante.


Qual o maior problema que você já enfrentou relacionado às suas plantas?

Na verdade não enfrento grandes problemas, pois moro na praia e o clima não favorece a instalação de pragas, em virtude do vento. De vez em quando se perde algum exemplar mas isto é inerente ao cultivo de qualquer espécie. Muda-se alguma coisa no manejo e já se resolve.

Qual a planta mais antiga que você tem? E como adquiriu?

A espécie que sempre esteve em meu jardim é o Graptopetalum paraguayense. Claro que os exemplares vão se renovando e dando brotações. A planta mais antiga que tenho, como indivíduo, é uma Parodia magnífica, que deve ter mais de 25 anos.

Quais são suas plantas favoritas e por quê?

Minhas espécies favoritas são: a Graptoveria 'fantome', tanto que ela é a estrela das capas das minhas três páginas. a Echeveria imbricata e a Echeveria Perle von Nürnberg.


Qual foi a última planta que você comprou ou ganhou?

Ainda ontem ganhei duas espécies que não tinha, uma Sedeveria e uma Echeveria  Runyonii 'Topsy Turvy'.

Você já foi à algum encontro organizados por grupos de trocas de plantas?

Nunca fui a um encontro, mas já recebi, aqui na minha casa, muitos membros dos grupos de que participo . Foram momentos muito especiais. Amizades que se solidificaram e ficarão para toda a vida. Passaram do mundo virtual para o mundo real.

Você participa de grupos relacionados à plantas no Facebook? Cite seus preferidos

Participo de mais de 130 grupos. A cada dia aumenta algum. Publico meus textos em mais de 50 grupos. Ajudo a administrar alguns grupos. Alguns deles:


Você costuma postar fotos de suas plantas nas redes sociais?

SIM, publico muitas fotos, principalmente na minha página de dicas no Facebook:
E na minha página dedicada ao artesanato, reciclagem e jardinagem:
Também publico em muitos grupos no Facebook, alguns já citados mais acima.

Você já realizou trocas de plantas via Correios ou pessoalmente?

SIM. Já fiz trocas via correio porém tive muitos dissabores e perdas. Depois descobri que o estatuto dos correios proíbe o envio de qualquer ser vivo, inclusive plantas. Nunca mais fiz.

Você já comprou plantas pela internet?

NÃO, nunca fiz compras de plantas pela internet. Ouço muitos comentários negativos em relação a estes sites de vendas. Alguns membros dos grupos de que participo fazem vendas e nunca ouvi queixas. Alguns eu até recomendo.


Existe alguma planta que você ainda não tem e gostaria muito de ter?

Obviamente existem centenas de espécies que não tenho e gostaria de ter, kkkkkkkkk. Não existe colecionador que diga que tem todas que gostaria.

Qual a planta que lembra a sua infância?

Minha infância foi muito rica em imagens botânicas. Cada espécie me remete a uma memória querida, positiva e feliz. Tive uma vida muito plena em meio a Natureza. Coisa que as crianças de hoje estão muito longe de viver.


Você possui plantas dentro de casa?

Nenhuma planta é feliz dentro de casa, apesar de decoradores dizerem que várias espécies se adaptam bem em ambientes internos. É porque eles não tem a capacidade de sentir o sofrimento delas em busca de luz, calor e claridade ideais. "Se adaptar" não quer dizer "ser feliz" e ter uma vida plena. Elas vão estiolar e deformar em busca de sol. Claro que o decorador vai trocar a planta quando ela ficar feia. Eu jamais imponho sofrimento a nenhum ser vivo, pelo menos, conscientemente. Para mim cada uma é um indivíduo e merece respeito.

Qual tipo de vaso você utiliza?

Eu planto em qualquer tipo de material, inclusive na minha página de dicas tem uma publicação sobre este tema com fartas ilustrações. Pode-se plantar suculentas em qualquer tipo de recipiente, desde que sejam tomados alguns cuidados.

VASOS DE BARRO/CERÂMICA - a água evapora mais rapidamente pois são porosos = MAIS REGAS.

VASOS DE PLÁSTICO - retêm mais tempo a água, pois são impermeáveis = MENOS REGAS.

Devemos garantir a boa drenagem do vaso ou floreira com uma camada de pedriscos, argila expandida ou isopor picado no fundo (é mais leve e ajuda a reutilizar um material que ninguém quer reciclar).

A areia, MISTURADA, à terra também tem essa finalidade, auxiliar na drenagem.
Pode-se plantar em recipientes SEM FURO, porém há que regular muito bem as regas.

O MAIS IMPORTANTE é que as raízes nunca fiquem encharcadas. A água deve entrar e sair.

Suculentas gostam de ser regadas, ficar expostas à chuva e sereno. Eu planto em tudo que é tipo de vaso ou recipiente: conchas, xícaras, sucata, observando as exigências e características de cada um.


Como é o substrato ideal para suas plantas?


SUBSTRATO PARA SUCULENTAS

O substrato não deve reter água. A água deve entrar e sair, sem deixar as raízes encharcadas. Boa drenagem é fundamental!

Eu, particularmente, utilizo 3 partes de terra preta para 1 de areia grossa. Compro a terra em sacos de 25 kg em floricultura e a areia grossa em loja de materiais de construção.

Alguns utilizam 2 partes de terra preta para 1 de areia e, outros ainda, usam meio a meio. Com o tempo e a prática cada um vai descobrir a mistura e a proporção que melhor funciona no seu clima, na sua região.

Cada um vai descobrir a mistura ideal entre terra preta e areia.A areia não deve ser muito visível depois de tudo bem misturado, só serve para melhorar a drenagem do substrato. Pode-se enriquecer a terra preta com húmus, restos de cozinha, já curtidos, como cascas de frutas e legumes, borra de café, cascas de ovos trituradas, erva-mate (eu uso muito, pois aqui se toma chimarrão duas vezes ao dia).

Outras alternativas:

Alguns acrescentam perlite/perlita à terra, mas é dispensável. A areia faz a mesma função. Alguns ralam isopor para substituir a areia grossa e favorecer a drenagem. Na verdade o substrato não é tão importante quanto o SOL e a hidratação. Algumas suculentas crescem sobre as pedras e areia pura, por isso as rosáceas são chamadas de "Rosas-de-pedra" ou "Rosa-das-pedras".

Quais os cuidados básicos que você tem com as suas plantas?

NÃO UTILIZO adubação adicional, pois alongam caules e eu não gosto. As suculentas perdem seu formato característico de rosáceas. Os cuidados MAIS IMPORTANTES são oferecer SOL e ÁGUA, pois suculentas são plantas de zonas áridas e desérticas. As vitaminas "solares" são as mais importantes para a nutrição. Nutrem e pigmentam.

Você tem aproximadamente quantas plantas?

Não tenho muita diversidade de espécies, mas MUITAS repetidas. Multiplicam-se absurdamente. Tenho em torno de 120 espécies diferentes só.


Qual foi o recipiente mais diferente que você já plantou?

Eu costumo plantar em tudo que se possa imaginar, pois outra paixão minha é o artesanato, ENTÃO...planto em tampinhas, conchas, embalagens plásticas, cerâmicas feitas por mim, cabaças, cocos, tudo que se possa imaginar. Na minha página podes ver a diversidade de alternativas.


Suas plantas ficam expostas ao tempo?

Parte das minhas suculentas está no jardim, exposta ao sol pleno e chuvas abundantes do sul e outra parte está em área semi-coberta, exposta ao sol da manhã e molho com mangueira (chuveirinho), MAS...as que estão ao ar livre estão, COM CERTEZA, BEM MAIS EXUBERANTES.

Qual dica você pode dar para quem está começando a cultivar plantas?

Cultivar suculentas ou qualquer outra espécie exige muita observação, pois não existe fórmula mágica. Temos que entrar em sintonia com aquele serzinho e saber entender sua linguagem. Quando algo não funciona de acordo com nossa expectativa é porque ela está dando seu recado e temos que saber "ler a mensagem". Muda-se alguma coisa no cultivo e observa-se novamente a reação dela. E assim por diante...

Você já pegou alguma planta da rua ou pediu à algum desconhecido?

SEMPRE que tenho interesse em alguma planta eu peço ou ofereço alguma troca. Não se pode pegar a título de "coleta científica", como muitos dizem, para dar nome bonito a atitude FEIA. Não se faz aos outros aquilo que não gostaríamos que fizessem conosco.

Você tem alguma planta que você mesmo semeou?

Tenho dezenas de plantas semeadas por mim. Não é possível anexar foto ao texto aqui no e-mail...só como anexo e daria a maior confusão se eu anexasse foto a cada resposta. O anexo vai em separado. Não acompanha cada questão.

Você pode mostrar um pouquinho das suas plantas?

Ao final vou anexar fotos de tudo um pouco - das suculentas que estão ao sol pleno e as da área semi-coberta, dos tipos de vasos. Na página de dicas vais encontrar farto material.


As pessoas que convivem com você também gostam de plantas?

SIM. Atualmente é só meu marido que convive diariamente, pois os filhos estão em outra cidade. Meu marido é grande parceiro e me ajuda muitíssimo com tudo. Os dois filhos também são grandes amantes da Natureza. Um deles tem terras e planta muito.

Qual é o clima onde você mora?

 Moro no Rio Grande do Sul e o clima tem as quatro estações bem definidas. No verão é muito, muito quente e no inverno cai até neve, na serra. Aqui na praia onde moro cai geada.

Qual foi a planta mais cara que você já comprou?

Eu não compro plantas caras, fora do padrão normal do comércio. Aqui na minha região tem o maior cactário da América Latina em número de espécies , o Cactário Horst, do amigo Ingo. Lá os preços são muito bons e razoáveis. Eles tem plantas à venda em todos os mercados e floriculturas da região.

Qual é a "estrela" de sua coleção?

Na minha coleção todas são estrelas. Todas tem suas peculiaridades e beleza. Não privilegio nenhuma, kkkkk.

Um comentário:

  1. Parabéns pelo reconhecimento de seu trabalho em prol da divulgação da jardinagem e dos seus ensinamentos em botânica e ecologia.

    ResponderExcluir

Muito obrigada por ler o blog Trokinhas e se dispor a comentar em nossos posts. Seja muito bem vindo(a)! Fique à vontade para interagir. Se você gostou do post, compartilhe em suas redes sociais!

Espaço para comentários referentes ao assunto abordado nessa postagem. Os comentários são de responsabilidade do autor e não representam necessariamente a opinião do Blog Trokinhas.