Guia completo sobre: Adubos


TIPOS DE ADUBOS QUÍMICOS

Os adubos podem são divididos em LÍQUIDO, e GRANULADO. Os líquidos são vendidos em potes e são absorvidos rapidamente pelas plantas e por isso precisam de reaplicação em curto tempo. Já os granulares ou em pó precisam da água para ser absorvidos e por isso demoram mais para serem absorvidos e consequentemente o tempo de adubagem é mais longo.

Especialistas indicam que os adubos granulados devem ser usados uma vez a cada seis meses. Os tipos líquidos ou em pó podem ser aplicados regularmente, porém sem exageros. Esse dois últimos tipos de fertilizante costumam conter outras substâncias conhecidas como micronutrientes: zinco, cobre, manganês, sódio.

O adubo granulado precisa sempre ser incorporado ao solo. Ele não deve ficar exposto, nem próximo das raízes e do caule da planta, pois o contato pode causar danos.

ADUBO QUÍMICO

Para fazer a adubação de base são necessários os macronutrientes: nitrogênio (N), fósforo (P), potássio (K). Os produtos costumam conter em suas embalagens os três, em proporções indicadas pela sigla NPK, formada pela notação química de cada elemento. Valores como “10 – 10 – 10”, indicam a mesma medida das três substâncias, e em casos como “12 – 12 – 17” ou “04 – 14 – 08” a quantidade dos elementos são diferentes.

Para realizar a adubação de maneira correta, é importante seguir alguns cuidados. O adubo NPK 10-10-10 é indicado para folhagens, enquanto NPK 4-14-08 é indicado para floração e frutificação. Siga sempre a orientação do fabricante, pois cada vaso precisa de uma quantidade adequada.


BENEFÍCIOS DO ADUBO QUÍMICO

Os adubos e fertilizantes sintéticos são alterados quimicamente para auxiliar o crescimento da planta. Com nutrientes na quantidade necessária, o adubo químico acelera o desenvolvimento das plantas e não tem cheiro nenhum, sendo uma boa opção para vasos que ficam dentro de casa casa.

MEDIDAS DO ADUBO QUÍMICO

Na hora de medir a quantidade certa de adubo para a planta você pode usar a própria colher de medição que vem dentro da embalagem, que equivalem à colher de sopa. Atenção às medidas:

- Para plantas de até 15 cm de diâmetro = 1 colher de sopa
- Para plantas com 15 cm a 25 cm de diâmetro =  2 colheres de sopa
- Para plantas com mais de 25 cm de diâmetro = 3 a 5 colheres de sopa

ADUBO ORGÂNICO

Adubo Orgânico: são aqueles obtidos por meio de matéria de origem vegetal ou animal, como esterco, bagaços de frutas, cascas e restos de vegetais decompostos ou em estágio de decomposição. Incorpore 3 vezes ao ano fertilizantes orgânicos ao substrato, aproveitando para afofar a terra dos seus vasos. Para plantas que as folhas predominam use: esterco de gado, húmus de minhoca e composto. 

As adubações são feitas antes do período de florescimento e após a colheita ou poda, para compensar as perdas de nutrientes e preferencialmente, nos períodos chuvosos. Durante o outono e inverno as plantas entram numa fase de dormência, caracterizada pela redução de sua atividade vegetativa. A fertilização durante este período deve ser diminuída ou evitada.

BENEFÍCIOS DO ADUBO ORGÂNICO

A adubação orgânica é um processo que vem sendo criado desde desde nossos antepassados, buscando oferecer o que falta para a planta, sem prejudicar o solo em que ela encontra-se, para produzir um alimento orgânico de qualidade e livre de qualquer alteração química

IMPORTANTE:

Plantas compradas em floriculturas, geralmente têm o substrato leve e com poucos nutrientes, pois em seu cultivo usa-se muito a adubação líquida na irrigação controlada, chamada de fertirrigação. O ideal é trocar a planta para um vaso maior com terra fértil, composto orgânico e com boa drenagem e adubar frequentemente.

Evite respirar a poeira dos fertilizantes durante a aplicação e lave as mãos e roupas que usou quando acabar a adubação. Alguns fertilizantes nitrogenados, como o nitrato de amônio, são materiais perigosos e podem até explodir sob algumas condições.

Saiba mais sobre outros adubos orgânicos:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por ler o blog Trokinhas e se dispor a comentar em nossos posts. Seja muito bem vindo(a)! Fique à vontade para interagir.

Espaço para comentários referentes ao assunto abordado nessa postagem. Os comentários são de responsabilidade do autor e não representam necessariamente a opinião do Blog Trokinhas.