Receita de adubo orgânico: grama, capim e ervas



Quando você for capinar o seu terreno não dispense a grama cortada. Recolha um pouco e distribua sobre a terra. Além de deixar o seu ambiente mais verde, as ervas são uma fonte riquíssima de nitrogênio. Quando se decompõem, a grama recém cortada enriquece o solo em que foi depositada com diversos nutrientes benéficos para o desenvolvimento de qualquer tipo de vegetal. Esta é uma boa maneira de ter um fertilizante nitrogenado (N) e dar um destino para as aparas de grama que sobraram depois da poda que você acabou de fazer. 

Modo de preparo:

1 balde de 5 litros com aparas de grama recém cortadas
Cubra com água e deixe descansar por 3-5 dias
Depois misture 01 copo do chá em 10 copos de água pura e regue diretamente no solo

Ervas,  capim e trevos

A incorporação de matéria verde ao solo é muito benéfica pois na sua degradação natural, liberara os nutrientes que contêm. Se você quiser aumentar o teor de nitrogênio, use uma urtiga ou qualquer leguminosa ( trevos por exemplo ). A urtiga também fornece ferro. O confrei é rico em potássio e o dente-de-leão é rico em cálcio e magnésio.

Modo de preparo:

Basicamente todo resto vegetal pode ser espalhado sobre o solo deixado para secar ao sol ou misturado com a terra, depois de picado. Evite as raízes de gramíneas pois estas podem brotar novamente e também as plantas com sementes maduras para que você não tenha sem querer uma infestação de ervas no meio do seu jardim, concorrendo com os nutrientes das outras plantas.


Saiba mais sobre outros adubos orgânicos:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada por ler o blog Trokinhas e se dispor a comentar em nossos posts. Seja muito bem vindo(a)! Fique à vontade para interagir.

Espaço para comentários referentes ao assunto abordado nessa postagem. Os comentários são de responsabilidade do autor e não representam necessariamente a opinião do Blog Trokinhas.